Roupas de bebê feminino recém nascido

Roupas de bebe feminino recém nascido

Nos dias atuais ter um filho é algo muito esperado e planejado, normalmente os papais desejam a criança mais que tudo no mundo. Quando o bebê vem ao mundo, não há quem não se encante com ele, os pais ficam bobos diante de tanta beleza, enquanto outros parentes e amigos enchem a casa para poder paparicá-lo.

Dentro desse novo mundo que o bebê cria, os pais tem que ter a consciência de que nem tudo são flores. Haverá noites que as crianças passarão chorando, haverá vezes em que nada estará bom para eles, vão ficar doentes, com fome, entre diversas outras necessidades, mas tudo isso vale a pena quando eles dão um sorriso.

Roupas de bebê feminino recém nascido
Foto: Pink and Blue Bonnets

Para os bebês recém-nascidos, a chegada deles costuma está cheia de novidades. O quarto decorado, o enxoval novo, os presentes do chá de bebê, além de todas as roupinhas que finalmente poderão ser usadas. Mas a pergunta que sobrevoa a cabeça de muitas mamães de plantão é: como saber o que é mais adequado para vestir na minha filha recém-nascida?

Nem sempre é fácil escolher o que colocar, pois existem crianças que não se adaptam a alguns tipos de tecidos, outras têm alergia, entre outros fatores. É preciso ter uma variedade um pouco grande de roupas no início, até ir definindo as preferências e gostos do seu bebê, para então comprar roupas de um e dois meses.

Para as meninas existem modelos de tudo que é espécime. Para as mamães que gostam de apostar no cor-de-rosa, com certeza será bem fácil encontrar tudo o que precisa nessa cor. Casacos, vestidos, sandálias, tocas, meia-calças, tip-tops, bodys, shorts e todos os outros modelos estão disponíveis em rosa.

Roupas de bebê feminino recém nascido
Foto: Carter’s

Já aquelas mamães que preferem aderir outros estilos, podem procurar modelinhos mais floridos para o verão, pois estão super em alta para bebês, além de ter vários conjuntos, como tiaras e chapéus. Já para o inverno, o que mais chama atenção é o veludo, além de ser um tecido muito sofisticado, ele é perfeito para manter o seu bebê longe do frio e bem quentinho!

Para as mamães que estão quase ganhando e ainda não compraram muita coisa, não se preocupe! O importante é ter o básico, como tip-tops e bodys, além de meias e roupas quentes, visto que recém-nascidos tem bastante frio. Depois que o bebê nasce, a maioria das mamães ganha bastantes persentes e roupinhas para o bebês, por isso não há com o que se preocupar!

Roupas de bebê de 6 meses

Roupas de bebês de 6 meses

Quando se tem um filho toda a rotina muda, a hora de dormir, a hora de comer e até a hora de ir trabalhar. Mesmo depois de alguns meses, ainda é preciso se habituar a algumas vontades da criança, como o jeito que ele prefere se vestir, os desenhos que ele gosta de ver e as suas brincadeiras preferidas, mas tudo isso acaba valendo muito a pena quando se vê um grande sorriso no rosto do seu bebê.

Dessa forma é que se tem grande dificuldade para comprar roupas, pois existem inúmeros modelos que não se adequam ao tamanho da criança e, mesmo que ela não fale, o choro deixa muito claro que aquilo não está confortável. Além disso, é muito difícil conseguir ficar provando roupas em bebês que ainda não tem nem um ano de idade. Daí surge a dúvida, como fazer para comprar roupas de bebês?

Roupas de bebê de 6 meses
Foto: Love Little Daisy

Separamos algumas dicas interessantes que podem facilitar o seu dia a dia, visto que criança perde roupa muito fácil, comprar tip-tops e blusinhas se torna quase uma rotina na vida dos papais. A primeira dica é sempre comprar pelo menos duas peças de uma roupa que o seu bebê gostou, mesmo que seja um tamanho maior, é sempre bom ter roupas confortáveis para eles.

Bebês de seis meses ainda não aprenderam a engatinhar direito, mas vários já rolam e rastejam pela cama, tapetes e até mesmo no chão. Por isso, para ficar em casa, as roupinhas maleáveis são preferidas, assim deixam o seu bebê se desenvolver e aprender tudo o que ele pode. Além disso, se possível, compre roupas que sejam também resistentes, assim você consegue aproveitar um pouco mais de tempo.

Roupas de bebê de 6 meses
Foto: Bela Pequena

É importante lembrar que é sempre necessário ter roupinhas bonitas, como vestidos, macacões e camisetes de vários tamanhos. Pois se você não costuma frequentar muitas festas e esses tipos de lugares com o seu bebê, quando você precisar ir talvez as roupinhas que possui fiquem apertadas. Então, além do básico, mantenha sempre algumas peças mais sofisticadas no guarda-roupa, inclusive de tamanhos maiores.

No quesito de escolha das peças isso varia mais conforme o gosto dos pais, pois muitos gostam de vestir as meninas, por exemplo, toda de rosa. Já tem outros que não, que gostam de deixá-las mais livres e colocar cores variadas. As opções não faltam, basta procurar e se atentar a alguns detalhes que seu bebê sempre ficará bem!

 

O que não pode faltar no guarda-roupa do seu bebê

Montar o guarda-roupa de bebê é uma das partes mais gostosas do planejamento para receber o pequeno, não é mesmo? O problema é que nem sempre essa missão é tão simples assim. Com tantas opções fofas por aí, muitos papais e mamães acabam enchendo as prateleiras do armário com peças que, no final, nem vão poder ser usadas pelo seu filho.

Pensando nisso, resolvemos compartilhar, a seguir, as peças que não podem faltar na sua lista de roupas de bebê. Fique de olho e acerte no enxoval do seu filhote!

Macacão ou body

Esse deve ser o item número um no guarda-roupa de bebê. Isso porque, principalmente no caso dos recém-nascidos, essa é a peça mais confortável possível para o pequenino e também para os pais, já que permite que o neném se mexa sem restrição, não fica subindo como uma blusa e deixa que os adultos removam e vistam a roupinha com rapidez na criança para dar banho, trocar a frauda, etc.

Vale lembrar que o tipo de macacãozinho vai depender tanto da idade do seu filho quanto da estação do ano e do clima do ligar onde você mora. Se o baby vai nascer no verão, por exemplo, compre bodiestamanho RN sem manga, para deixá-lo bem fresquinho, e aposte nos macacões de tamanho M mais quentinhos, com manga comprida, para quando o bebê estiver maior no inverno.

Roupas de praia

Não importa se você não mora no litoral: uma hora ou outra, vai fazer aquele calor e você vai querer levar o seu baixinho para se divertir ao ar livre, de preferência com muita água! E na piscininha inflável no quintal, no mar ou no clube, é preciso contar com as roupinhas de banho certas para que o seu pimpolho fique protegido e confortável ao mesmo tempo.

Por sorte, nós já falamos um pouco sobre os cuidados na escolha das roupas de bebê para a praia neste outro post, que tal dar uma olhadinha?

Conjunto de praia para menina
Conjunto de praia para menina

Camisetas

As camisetas são peças coringa em qualquer guarda-roupa de bebê: você pode vesti-las no seu filho por baixo de uma jardineira, de uma blusa de frio ou até junto com uma legging confortável para deixar o pequeno brincando protegido! No calor, as camisetas bloqueiam o sol sem sufocar a criança, e podem inclusive ser a única peça de roupa usada nos dias muito quentes.

A dica, aqui, é preferir os modelos com botões nos ombros ou perto do pescoço (atrás ou na frente), que facilitam o momento de passar a cabecinha do pimpolho pela gola.

Camisetas importadas
Camisetas importadas

Meias

Colocar sapatinhos no seu bebê para sair é muito importante para proteger seus pezinhos, mas dentro de casa, o calçado principal podem sim ser as meias mesmo. Daí a necessidade de contar com uma boa quantidade de meias de qualidade, tanto para evitar farpas e outros objetos que podem ferir os pés do bebê quanto para agasalhá-lo — sabia que os pequeninos sentem mais frio que a gente?

 

Essas são as roupas de bebê que você não pode deixar de ter para vestir seu baixinho a qualquer hora, mas, claro, além delas, você também pode apostar em algumas peças menos básicas, como vestidos e conjuntinhos para ocasiões especiais, não é? Comente contando para a gente o que mais vai para o guarda-roupa do seu filhote e diga se você ainda tem alguma dúvida sobre como escolher o enxoval do pequenino!