5 dicas para comprar roupas importadas para bebê

Comprar roupas importadas para bebês é uma das tarefas mais divertidas da maternidade. Sim! Vestir os pequenos e deixá-los ainda mais fofos dá muito prazer às mamães. São tantas coisas lindas disponíveis no mercado, que encher as sacolas com peças infantis fica muito fácil!

Nesse universo, há lindas roupas de marcas nacionais, mas existem também as incomparáveis peças importadas que, além de diferenciadas em termos de modelos e materiais, são confortáveis, duráveis e oferecem um ótimo custo-benefício.

As roupas infantis importadas normalmente possuem um padrão de qualidade inquestionável e o estilo não falta nas peças gringas. Uma é mais linda que a outra, a ponto de fazer qualquer mamãe babar.

Vestido de festa infantil
Vestido de festa infantil

Apesar das incontáveis vantagens de adquirir peças importadas, será que com o dólar em alta, comprar roupinhas de marcas internacionais continua sendo um bom negócio? Continua sim, desde que você adote medidas estratégicas para acertar nas compras. Quer saber que medidas são essas? Então veja nossas dicas para comprar roupas importadas para seu bebê.

Planeje suas compras e mantenha o foco

Para não comprar itens desnecessários, planeje as compras de roupinhas importadas com antecedência. Leve em consideração as peças que seu filho já tem, faça uma lista com as que o bebê está precisando e procure limitar as aquisições aos itens predefinidos. Só faça concessões se a oferta for realmente vantajosa ou se você lembrar de alguma coisa que não foi colocada na lista por esquecimento.

Embora as peças importadas possuam preços acessíveis, é importante manter o foco e evitar as compras por impulso. Antes de comprar uma roupa importada, pergunte a si mesma se aquele item combina com seu filho, se a roupa serve na criança, se há ocasiões oportunas para usá-la, se há espaço suficiente para guardar, se ela já não tem uma roupa muito parecida e por aí vai. Essa postura vai te ajudar a adotar um consumo consciente e eficiente.

Considere o tamanho das peças

Outro ponto importante na compra de roupas importadas para bebê é considerar o tamanho das peças. Se você comprar as roupinhas em lojas físicas no exterior, atente-se às etiquetas e seções.

Se seu filho estiver para nascer, for recém-nascido ou tiver até 9 meses, visite a seção Newborn. Crianças de 9 a 24 meses vestem roupas da seção Infant. De 2 a 4 anos, procure a seção Toddler. Dos 4 ao 7 anos, a seção recomendada é a Kids. E garotas e garotos acima de 7 anos encontram suas roupas nas sessões boys sizes e girls sizes.

Em relação aos tamanhos, a equivalência é a seguinte:

  • 2-3 nos EUA equivale a tamanho 2 no Brasil
  • 4-5 nos EUA equivale a tamanho 4 no Brasil
  • 6-7 nos EUA equivale a tamanho 6 no Brasil
  • 8-9 nos EUA equivale a tamanho 8 no Brasil

Ao escolher roupas importadas para seus filhos, tenha sempre em mente que crianças crescem rápido, portanto, evite comprar roupas muito justas ou curtas, pois elas vão acabar sendo pouco aproveitadas. As roupas tamanho RN, por exemplo, possivelmente não caberão mais no seu baby já nas primeiras semanas de vida. Para não errar na escolha, respeite as faixas indicativas de idade, mas considere também o tamanho e peso do seu bebê, pois é comum que crianças de 3 meses já vistam roupinhas de 6 meses tranquilamente.

Conjunto chique infantil feminino
Conjunto chique infantil feminino

Compre roupas importadas online

Nas lojas virtuais nacionais, a compra de roupas importadas é mais simples, pois os tamanhos já estão convertidos para o tamanho Brasileiro, o que facilita a escolha e evita erros. Ainda assim, se depois de provar o produto, a mamãe resolver trocar por um maior ou menor, a troca pode ser realizada.

Além das facilidades no que diz respeito ao tamanho, as lojas virtuais trazem mais praticidade e conveniência, já que nem todo mundo pode viajar para o exterior para comprar roupas importadas. Nesse caso, é possível pesquisar e comparar preços sem bater perna, a compra é feita em alguns cliques, você economiza gastos com passagem, evita despesas extras com tarifas alfandegárias e recebe a encomenda rapidamente e no conforto do seu lar.

Em compras virtuais, é indispensável optar por lojas confiáveis, que tenham selos indicativos de segurança e possuam uma boa reputação junto aos consumidores. Aproveite para analisar as formas de pagamento possíveis e checar as políticas de troca e entrega. Antes de comprar, certifique-se que há o produto em estoque, pois algumas lojas trabalham com encomendas e o envio pode ultrapassar 45 dias. Dê preferência a lojas que ofereçam roupinhas importadas a pronta-entrega, assim você evita a ansiedade excessiva.

e-Roupas de Bebê é uma ótima alternativa para quem quer comprar online as roupinhas do bebê, de maneira segura, rápida e garantida.

Vestido para bebê de festa infantil
Vestido para bebê de festa infantil

Observe o material e a praticidade da peça

Algumas roupas de bebês são lindas, mas nada práticas e confortáveis. Cheias de botões, cordões e aplicações, tornam-se difíceis de lavar, passar e conservar. Na hora da compra de roupinhas importadas, dê preferência a peças de fácil conservação, que sejam confeccionadas com materiais duráveis e confortáveis, a exemplo do algodão.

Aproveite para conferir a etiqueta com as especificações de lavagem e se certificar de que o tecido é hipoalérgico, macio e resistente a problemas, como as indesejáveis bolinhas. Se a compra for feita online, leia a descrição do produto atentamente e, caso seja necessário, esclareça suas dúvidas através do chat ou SAC.

Pense na economia quando for às compras

Por fim, procure economizar. Pesquise e compare preços, se estiver comprando no exterior, converta o dólar para real, busque promoções e cupons de descontos, calcule o frete os impostos, evite as aquisições por impulso e cogite a possibilidade de comprar marcas importadas em lojas virtuais nacionais.

Para completar, pense no custo-benefício dos produtos, evite fazer estoques de roupas do mesmo tamanho, leve em consideração as formas de pagamento e dê preferência a roupinhas bonitas e resistentes, afinal, comprar roupas de má qualidade é assumir o risco de jogar dinheiro fora.

E aí, você gostou das nossas dicas de como comprar peças importadas de vestuário? Vai colocá-las em prática para comprar lindas roupinhas importadas para o seu bebê? Já comprou roupas gringas alguma vez? Tem outras dicas interessantes para compartilhar? Comente!

9 dicas de tipos de roupas de bebê que seu filho precisa

Uma das tarefas que as futuras mamães mais gostam durante a gravidez, com certeza, é a escolha do enxoval. Montar o quarto e escolher as roupinhas que vestirão o bebê nos seus primeiros meses de vida é um grande prazer para pais de primeira viagem ou até mesmo para os mais experientes, já que cada filho traz uma emoção única.

Mas nem sempre a gestante acerta na escolha, já que as lojas exibem uma infinidade de roupinhas com babados, laços e detalhes que podem pôr em risco a segurança do bebê ou simplesmente oferecem um desconforto desnecessário.

Para ajudar os futuros pais nessa deliciosa tarefa de escolher as roupas de bebê, preparamos algumas dicas de peças que não podem faltar no enxoval:

Bodies

Há quem diga que essa é a peça curinga no enxoval do bebê — realmente, os bodies são confortáveis, práticos e bonitos. Com tamanhos que vão desde o recém-nascido até quase 2 anos, é um item versátil que vai vestir o seu bebê por muito tempo. De manga longa, curta ou até sem manga, eles podem ser encontrados em várias cores, desde os tons pastéis até coloridos vibrantes, com estampas e desenhos infantis.

Alguns modelos possuem uma abertura no pescoço que facilita a colocação, pois permite vestir o bebê por cima ou por baixo. A abertura inferior geralmente é feita com botões, e é possível comprar extensores para prolongar o uso da peça ao longo do crescimento do bebê. A grande vantagem dos bodies é que, como são fechados por baixo, ao segurar o bebê a roupa não sobe, mantendo o bebe aquecido e protegido mesmo estando no colo.

Camisetas e camisas

São encontradas em vários tecidos e estilos, e podem ser usadas combinadas com bermudas, jardineiras, calças ou apenas com a fralda nos dias de mais calor. As camisetas também podem ser colocadas por baixo do macacão, para complementar e aquecer o bebê nos dias mais frios. No caso de camisas mais tradicionais, a dica é procurar peças com a gola de algodão, material mais macio e indicado para ficar em contato com a pele sensível do pescoço do bebê.

Culotes e mijões

Esse tipo de calça de tecido mais leve é perfeita para ser usada acompanhando os bodies ou as camisetas, ou mesmo por baixo do macacão nos dias de temperaturas mais baixas. Outra vantagem é a possibilidade de trocar apenas essa peça se houve algum acidente na hora de trocar a fralda. Também são usados bastante na hora de dormir, pois são confortáveis e práticos.

Macacões

Outra peça prática que está sempre presente no guarda-roupas dos bebês são os macacões, que podem ser de manga longa, manga curta, com ou sem pezinho e de tecidos leves ou mais quentes. Dependendo do estilo, ele pode ser usado como pijama ou até mesmo para sair. Os modelos com botões na frente são mais fáceis de serem colocados, mas existem modelos com abertura inferior que também são práticos e bastante úteis.

Casaquinhos

Uma opção indispensável para aquecer o bebê nos dias mais frios, os casaquinhos são fáceis de vestir e podem ser encontrados em diversos tecidos, desde os tradicionais de lã até os mais modernos, de malha, linha ou moletom. Uma boa dica é comprar modelos maiores, que podem ser usados por mais tempo (usando a manga dobrada nos primeiros meses). Cores neutras também são mais indicadas, pois combinam com vários outros itens do guarda-roupas da criança.

Vestidos

Podem ser usados desde os primeiros meses, e são o xodó das mamães. Na hora de escolher o vestido para uma bebê mais novinha, prefira modelos com poucos babados e fitas, que podem representar um risco. Os modelos regata (sem manga) são perfeitos para o verão, e as peças com manga comprida podem ser usados com calça ou legging no inverno.

Gorros e chapéus

Para proteger o bebê e garantir que ele se mantenha aquecido nos dias de inverno, os gorros são opções práticas e podem ser encontrados em diversas cores e tecidos, sendo que o mais comum (lã) pode causar alergias. Para os dias de calor e sol forte, um chapéu ajuda a proteger a pele sensível do bebê. Procure modelos que cubram as orelhinhas e que prendem debaixo do queixo, para evitar que caia quando o bebê se movimentar.

Meias

As meias devem ser confortáveis, sem elásticos que apertam demais ou dificultam sua colocação. Além de complementar o visual, as meias aquecem os pés dos bebês e podem ser usadas com qualquer roupa, desde macacões e bodies até calças e culotes. Atualmente, é possível encontrar uma grande variedade de meias para bebês, desde as mais leves até as com solado antiderrapante ou imitando sapatinhos.

Sapatinhos

Os sapatos são peças dispensáveis para bebês que ainda não andam, mas se forem feitos de tecido ou materiais leves e confortáveis, eles podem ser usados esporadicamente para compor o look. Quem resiste a um sapatinho de bebê? Com modelos delicados e em várias cores, os sapatinhos podem ser encontrados em tamanhos até para recém-nascidos.

Dicas para escolher e cuidar das roupinhas de bebê

  • Na hora de comprar, escolha um tamanho maior do que a numeração que o bebê está usando. Mesmo que nos primeiros dias ela fique folgada, em pouco tempo ela servirá perfeitamente.
  • No verão, dê preferência a tecidos leves e naturais, como algodão.
  • No inverno, roupinhas de plush, lã e moletom ajudam a aquecer o bebê.
  • Use as tabelas de orientação das marcas para escolher o tamanho correto, de acordo com a idade, altura e peso do bebê.
  • Sempre siga as instruções de limpeza na etiqueta das roupas — algumas peças não podem ser lavadas na máquina ou deixadas ao sol para secar.
  • Use um sabão específico para lavar as roupas do recém-nascido, de acordo com a orientação do seu médico. Lavar a roupa do bebê separadamente também é um cuidado importante nos primeiros meses.
  • Evite vestir o bebê em “camadas”. Uma peça de roupa de tecido mais quente é mais prática do que várias peças de roupa leves.
  • Organize as roupas de bebê no armário de forma prática e acessível.
  • E, principalmente, aproveite o momento das trocas de roupa do bebê para estreitar seus laços com ele, através de conversas, massagens e toques suaves.

E você, já conhecia essas peças indispensáveis de roupinhas de bebê? Quais delas você já comprou? Deixe seu comentário!

Dicas para conservar as roupas importadas do seu bebê

As roupas infantis importadas são conhecidas pela qualidade e durabilidade, no entanto, esse fato não minimiza a importância do cuidado com as peças, até como forma de conservá-las bonitas e íntegras por mais tempo.

Se você costuma comprar roupas de marcas importadas para os seus filhos e não deseja que essas peças estraguem com as sucessivas lavagens, veja os cuidados que você deve adotar para conservar as roupas do seu bebê. Se bobear, algumas roupinhas importadas poderão até ser usadas pelo seu próximo filho. Basta cuidar delas com carinho!

Conjunto Carters 5 bodies RN little speeder
Conjunto Carters 5 bodies RN little speeder

Como lavar as roupas importadas?

Para manter as roupas novinhas em folha, perfeitas para usar por mais tempo ou até para vendê-las quando não mais couberem no seu bebê, é importante ser muito cuidadoso na hora da lavagem. Veja a seguir tudo que você precisa saber sobre a lavagem de roupas infantis importadas:

Separe as roupas cuidadosamente

Nada de lavar roupas brancas junto com roupas pretas, roupas de pelos com roupas sem pelo, roupas pesadas com roupas delicadas! É preciso selecionar peça por peça e ler as instruções contidas na etiqueta do produto. Nada de jogar as roupas das crianças aleatoriamente na máquina.

Cuidado com o excesso de sabão

Não use muito sabão para lavar as roupas, pois o excesso de pode amarelar as roupas. Além disso, usar sabão demais impede o enxágue perfeito e o acúmulo de resíduos acaba danificando as fibras têxteis e endurece o tecido da roupinha.

Água quente só depois de pré-lavagem fria

Mesmo que a roupa esteja bem suja, jamais lave-a diretamente com água quente. Se você fizer isso, em vez de remover a sujeira, a alta temperatura irá cozinhá-la, deixando a peça amarelada. Lave primeiro com água fria e, só depois, lave com água quente.

Não exagere na quantidade de amaciante

Assim como o uso exagerado de sabão, o uso exagerado de amaciante também pode danificar as fibras das roupinhas, deixando-as mais duras e ásperas. Para assegurar roupas macias, cheirosas e confortáveis, além de usar a quantidade ideal de amaciante, é preciso optar por produtos de marcas confiáveis e qualidade reconhecida no mercado.

Conjunto Carters 2 pecas 12m Amarelo com Floral
Conjunto Carters 2 pecas 12m Amarelo com Floral

Redobre a atenção com as roupas delicadas

Não há roupa delicada que sobreviva à máquina de lavar! Peças bordadas, com apliques, laços e rendas devem ser, preferencialmente, lavadas à mão para que durem por mais tempo e preservem sua beleza.

Não se esqueça da manutenção da máquina

O que a manutenção da máquina tem a ver com a preservação das roupas infantis? Tudo! Esses aparelhos possuem filtros que devem ser limpos regularmente para que as roupas não fiquem com fiapos e a qualidade do filtro de lavagem não seja comprometida.

Coloque as roupas para secar em lugar iluminado e arejado

Para que as roupinhas fiquem bem secas e apropriadas para o uso, coloque-as para secar em um ambiente iluminado e arejado. A incidência de luz solar é essencial para eliminar a umidade e exterminar germes e bactérias. A ventilação também ajuda no processo, mas vale lembrar que se a etiqueta informar que a roupa deve ser seca à sombra, é preciso respeitar a recomendação. É o caso das roupas de lã, que devem ser lavadas com detergente neutro e colocadas para secar em áreas sombreadas.

Conjunto infantil feminino 3 peças RN Carters
Conjunto infantil feminino 3 peças RN Carters

Como guardar as roupinhas do seu filho?

Quem tem um bebê em casa e costuma vesti-lo com roupas importadas, também precisa tomar cuidado na hora de guardar as roupinhas. As peças de inverno, por exemplo, nem sempre necessitam de lavagem antes do uso, desde que sejam guardadas limpas na estação anterior. Roupas guardadas sujas atraem traças e ácaros, provocando danos irreversíveis à peça.

Diante disso, antes de guardar as roupas de uma temporada para receber as de outra estação, faça a higienização das peças. Lave-as, deixe-as secar e, quando estiverem livres de umidade, coloque-as dentro de sacos de proteção. Para reforçar os cuidados, lave as peças com produtos bactericidas.

De modo geral, a melhor forma de guardar as roupas das crianças é colocá-las em sacos de TNT, pois eles protegem as peças, mas, ao mesmo tempo, permitem que elas respirem. Roupas bordadas com pérolas e pedrarias devem ficar guardadas pelo avesso. Ah, e jamais passe perfume diretamente nas roupinhas dos bebês, pois além de amarelar a peça, a umidade do perfume pode provocar bolor nas roupas.

Conjunto Carters 3 pecas 18 m Mommys Cutie
Conjunto Carters 3 pecas 18 m Mommys Cutie

Como tirar o amarelado das peças?

Infelizmente, por mais que você cuide bem das roupas do pimpolho, eventualmente podem surgir aquelas indesejadas manchas amareladas. Normalmente isso acontece quando as roupas de uma temporada são guardadas para dar lugar a outras peças. Assim que a estação muda, os pais têm a desagradável surpresa de encontrar as roupas que foram armazenadas meses atrás um pouco encardidas.

É comum que as mamães usem cloro e água sanitária para tentar clarear essas manchas, mas a tentativa pode não só ser em vão, como também intensificar o amarelamento, especialmente quando se usa água quente. Para evitar maiores danos na peça, procure neutralizar a ação do produto clorado com outro ácido, a exemplo do vinagre de maçã. Adicione um copo de vinagre no último enxágue.

Como remover manchas?

As manchas de gordura que eventualmente acumularem nas roupinhas do pequeno devem ser limpas com detergente neutro ou removedor específico. Já as manchas de ferrugem ou oxidação do tempo, pedem uma limpeza mais profunda, um alvejamento utilizando com peróxido a quente (65ºC). Ainda assim, os resultados nem sempre são plenamente satisfatórios.

Como passar as roupas infantis importadas?

As roupas infantis devem ser passadas cuidadosamente com ferro, pois a temperatura elevada ajuda a eliminar germes e bactérias residuais. Os tecidos muito delicados devem ser passados com atenção redobrada, normalmente pelo avesso e com o ferro um pouco mais frio. Usar o ferro de vapor vertical também é uma ótima opção.

E aí, você vai adotar essas práticas no seu dia a dia? Que outros cuidados você segue para conservar as roupas importadas de bebê? Compartilhe as suas opiniões e experiências com outros papais e mamães através dos comentários e continue acompanhando o nosso blog para ficar por dentro de outras dicas!